terça-feira, 1 de novembro de 2011

Entrevista com Carolina mamãe da Melissa!


Eu costumava enviar esse questionário para as mamães que tiveram o meu acompanhamento, para que elas contem um pouco da experiência, deem dicas para outras futuras mamães e possam ajudar com seus relatos. Hoje eu esqueço de enviar os questionários, então se você teve o meu acompanhamento e quer respondê-lo, é só enviar essas respostas para o meu email com uma foto da sua preferência, como a Carol fez.
Obrigada!

Questionário Doula:

1-     Por quê você decidiu ter uma Doula?
Por tudo que foi pesquisado durante a gestação e sempre que a Cris postava um relato novo me emocionava muito e queria poder viver toda aquela emoção no dia do nascimento da minha bebê.

2-     Como descobriu que era uma doula e como escolheu a sua?
Foi por acaso, procurando na internet os sites de semana a semana da gestação...
Escolhemos a nossa Doula por todo o carinho e dedicação que ela passa através do seu blog! “FOI AMOR A PRIMEIRA VISTA”..RSRSRS

3-     Como foi ter uma doula no parto?
Como a meu parto era pelo SUS na Maternidade Carmela Dutra e só poderia entrar um acompanhante, ficou combinado que se fosse parto normal a Cris entraria comigo, pois ela é preparada e poderia me dar todo o apoio de o que fazer em cada momento me tranqüilizando  e se fosse necessário  cesárea seria meu marido Carone que ficaria comigo. Isso foi uma decisão que tivemos juntos eu e o Carone, pois apesar de ele querer estar sempre junto abriu mão para que o que fosse melhor acontecesse. Mas como nem sempre tudo acontece como SONHAMOS... teve que ser cesárea e o Carone me acompanhou. A presença dele foi fundamental, tanto por me sentir bem mais segura, quanto para ele poder acompanhar o nascimento da nossa Melissa.

4-     Como foi o trabalho de parto e parto? Se pudesse voltar atrás,faria algo diferente? ( se foi cesárea, conte sua experiência sobre a cesárea).
Então não entrei em TP...fiquei só no pródromo por vários dias, comecei a perder o tampão com 36 semanas, onde tive que fazer repouso pois já tinha 2cm de dilatação, com contrações leves e espaçadas. Com 38 semanas e 3 dias que era um domingo acordei cedo, disposta, com contrações, calorões  me sentindo diferente...pensei “é hj”...rsrsrss...tomei um café da manhã e fui passear com o cachorro para ajudar...afinal caminhei na gestação toda com objetivo de ter um parto NORMAL NATURAL...entrei em contato com a doula ela me passou algumas orientações...e acho q percebeu que eu estava muito ansiosa e veio passar a tarde comigo...pq eu na minha “SANTA INOCÊNCIA” achava que já esta em tp..rsrsrsrsr...tava muito fácil e sem dor...rsrsrss... Conversamos, caminhamos, fizemos bola, apliquei alguns pontos de acupuntura, minha mãe fez cromoterapia,  dançamos, a Cris e minha mãe me fizeram massagem, lanchamos e enquanto isso o Carone já pronto para ir para a maternidade a qualquer momento..rsrsrs...nesse dia fomos na maternidade por desencargo de consciência a doula sempre junto...mais ainda não estava na hora...estava com 3cm de dilatação!!!
No dia seguinte percebi que estava perdendo liquido, mais pensei que fosse lubrificação devido a perda lenta do tampão que já vinha de dias, mais fiquei na minha sem avisar para ninguém...só falando com a doula que passou instruções...como a quantidade de liquido aumentou ela veio para minha casa, fiz mais bola, dancei, caminhei, e como meu exame de strepto tinha dado positivo não poderia ficar muito tempo assim, tinha que ser aplicado o antibiótico. Fomos para a maternidade á 1:... a médica me examinou e disse que estava com 4cm e que era um furinho em cima da bolsa e que saia liquido qdo a bebê se movimentava...como  a Cris já tinha me falado Tb dessa possibilidade...fui internada por estar perdendo esse liquido, como iriam esperar até as 8 horas da manhã caso n tivesse dilatação colocariam ocitocina, falei pro Carone para ele ir p casa descansar qq coisa eu ligaria...dai fiz bola, dancei, fui p chuveiro e nada, o cansaço, sono e fome iam tomando conta, cheguei a falar p Cris q acabaria sendo cesárea pelo q eu estava sentindo...ela falou p eu ter calma...e assim foi indo umas chegando e os bebês nascendo e eu ali...as 8 outro exame e nd de dilatação e quem me examinou foi a mesma médica de domingo e falou q eu estava igual a domingo...fui 4 hrs p  ocitocina, saia um pouco mais de liquido e nd de contrações fortes e cólicas, td muito leve, fiquei muito feliz qdo minha amiga Deise chegou e minha mãe eu abraçava e chorava, pois só de saber q  minha mãe estava ali no lado de fora me sentia feliz, pois nós duas temos uma ligação muito forte e ela sempre está presente em tds os momentos da minha vida. As 12 hrs me examinaram e nd de evoluir a dilatação a médica me falou que eu iria p cesárea, comecei a chorar...uma mistura de vai ser agora, medo, de emoção td misturado...pedi p ela se poderia esperar p o Carone chegar  e ela disse que sim...quando ele chegou a Cris foi embora. Comecei a sentir cólicas muito fortes me examinaram e não tinha nd a mais de dilatação e logo fomos para o centro cirúrgico, todos muito atenciosos, depois da anestesia olhei p o relógio e eram 13:30...horário do nascimento 13:33...foi td muito tranqüilo e emocionante, nasceu com 3.180kg 48 cm apgar 9/10, super corada, saudável e linda.Não foi o tipo de parto que tinha sonhado a gravidez toda, mais foi muito emocionante, um momento único...nos apresentaram..rsrsrs...fizeram os procedimentos e a amiga Deise a levou p o banho enquanto fui p a sala de recuperação...logo A Mel já estava comigo...a Deise a colocou para mamar e ela pegou o peito muito rápido e super coreto. Não sei se faria algo diferente, pois mesmo querendo muito um parto normal e natural sempre falava que não queria que a Melissa passasse por nenhum tipo de sofrimento e se a cesárea fosse a melhor opção seria muito bem vinda. O atendimento foi ótimo, mais de diferente gostaria de um lugar mais confortável...ao menos com pouca luz...foi o q mais me incomodou a claridade...e era apenas um interruptor p tds os leitos...e não podia apagar!!

5-     Você acredita que o parto tem alguma relação com a personalidade do bebê?
Pois agora....só tive uma experiência e foi cesárea...sei q o ritual de parto é muito importante o dia a dia tb...a cada dia fortalecemos mais e mais nossos vínculos na hora de amamentar, de um carinho, no banho, a cada troca de fralda...nossos dias são muito bem aproveitados. E ela está com quase 3 meses personalidade forte e muito doce!!!

6-     No próximo filho, pretende ter parto normal?
Gostaria muito de poder ter essa experiência.

7- O que você gostaria de dizer aos casais a espera de um bebê?
Dicas, conselhos entre outros.
Para filtrarem td que ouvem, principalmente para a mãe q decide por parto normal que acaba sendo dita como louca..e outras bobagens...cada um tem uma experiência, não é pq o da “fulana’ foi o “bicho” q o teu vai ser...”sai uruca”rsrsrsrs

7-     Como é a vida após a chegada do bebê?
Pude perceber q os 40 dias são de resguarde mesmo não é muito fácil...é tempo de se conhecerem de adaptação. Mais vale muito apena. Não tenho palavras para explicar tamanho sentimento... Agradeço á Deus tdos os dia pelo presente.

8-     Você ficou satisfeita com o trabalho da doula e com o parto?
Fiquei sim...pois me deixava mais tranqüila principalmente nas ultimas semanas...td o q sentia de diferente falava para ela e ela me explicava e me tranqüilizava evitando muitas idas a maternidade.

10- Deixe um recado:
Acreditar que o parto é fisiológico e não uma patologia...é o que vai trazer seu bebê para você.

Vieste
Vieste na hora exata
Com ares de festa e luas de prata
Vieste com encantos, vieste
Com beijos silvestres colhidos prá mim
Vieste com a natureza
Com as mãos camponesas plantadas em mim
Vieste com a cara e a coragem
Com malas, viagens, prá dentro de mim
Meu amor
Vieste a hora e a tempo
Soltando meus barcos e velas ao vento
Vieste me dando alento
Me olhando por dentro, velando por mim
Vieste de olhos fechados num dia marcado
Sagrado prá mim
Vieste com a cara e a coragem
Com malas, viagens, prá dentro de mim

Quero agradecer ao meu marido por td o apoio, carinho, amor e dedicação, a minha mãe pela sua paciência, amor e companheirismo q sem ela td seria mais difícil, ao meu pai pelo amor e dedicação, a amiga Deise por todo seu amor e dedicação e a Doula Cris por ser tão paciente e dedicada. Todos vc’s foram mais que fundamentais. Muito obrigada!

AMO SER MAMÃE!!!
MELISSA É O NOSSO MAIOR PRESENTE! OBRIGADA PAPAI DO CÉU!

Carol, foi maravilhoso participar tanto tempo da sua gravidez, todas as nossas conversas, quando eu ia pra tua casa só pra baixar a ansiedade hahahaha
Infelizmente nem sempre as coisas saem como o planejado, mas você fez o que pode, perdia líquido e ficou mais de 12 horas em casa esperando, muitas outras mulheres teriam ido bem mais cedo pra maternidade, e se mesmo 8 horas depois ainda não tinha contrações, nesse caso em especial por ser o SUS não tem muito o que fazer. Não estava nas suas mãos e sim dos plantonistas. Mesmo assim você seguiu seu corpo tentando induzir naturalmente e quando precisava dormia, infelizmente também não conseguimos apagar as luzes e isolar os barulhos :/ Você foi maravilhosa sempre. E Depois que o leite desceu com força total e você me ligou, e que ficamos um tempão massageando e ordenhando hahahaha e você quase me batia por pegar nos locais mais doloridos nas mamas, você sempre suportava por saber que seria melhor. Continue sendo essa mãe maravilhosa, sempre colocando a Mel em primeiro lugar. Mil beijos e até logo!!

Cris De Melo
Doula!

Um comentário:

  1. Então agora chorei também, ser vovó é ser mãe em dose dupla, realmente temos que agradecer a Deus pelo presente maravilhoso que ele nos enviou, MELISSA.
    Até então eu agradecida pelos meus filhos, Carol e Rafa e agora também por ela, e mais uma vez Cris obrigada por tudo, e que Deus ilumine muito seu caminho, você faz um trabalho maravilhoso.
    Beijos

    ResponderExcluir