terça-feira, 13 de setembro de 2011

Entrevista com a Julia mamãe do Caetano nascido em casa!



Meu histórico de nascimento não foi nada ideal, nasci nas praias do Paraná, num hospital de freiras. Minha mãe sofreu muito descaso, não pôde estar comigo logo ao nascer, pois logo as parteiras me levaram para os procedimentos habituais.  Ademais, ao invés de leite materno recebi nas primeiras horas uma mamadeira de chá camomila o que levou, posteriormente, a repulsa pelo leite materno. Aos doze anos, vi minha irmã sofrer violências no momento do seu parto. Não pôde ter ninguém ao seu lado, escutou coisas desagradáveis de enfermeiras de plantão, ficou a espera de um médico plantonista que dormia no seu turno de trabalho. Conclusão: uma cesariana que poderia ter sido evitada.

Diante disso, sempre tive medo do parto. Gostaria, assim, poder escrever a minha história de maneira diferente. Ao engravidar passei a ficar “enfurnada” na internet, pesquisando, informando-me e sonhando como poderia ser o meu parto. Caí, assim, no mundo das doulas, parto natural, parto domiciliar...
Conheci a Cris através de seu blog e passamos a nos comunicar. Eu ficava acompanhando diariamente os nascimentos, os vídeos, os relatos. Não sabia muito bem o que é ser doula, mas me encantei com a idéia do “servir ao parto”. Isso atrai realmente amantes desse momento tão único e engrandecedor para uma mulher.

E foi assim que decidi ter o acompanhamento da Cris. Gostaria de ser assistida com amor, com carinho e como tudo foi.  Nesse mesmo movimento, busquei me informar acerca do parto domiciliar e estava sendo acompanhada pela Drª Roxana Knobel, pessoa de lindo coração que também me ajudou muito nessa linda empreitada. Ela e a Cris me aconselharam a buscar a Equipe Hanami. E assim, tecemos o nosso lindo parto.

A Cris sempre foi carinhosa, prestativa... Era gostoso receber seus recadinhos no celular, nos e-mails, sempre nos inspirando para o momento que estava por chegar. Seu carinho também nos tranqüilizou no parto, sempre com uma palavra encorajadora.
Nosso trabalho de parto representou um lindo marco em nossa vida. Um dia muito especial, foi da maneira como sempre sonhei. Recebemos nosso querido Caetano Terra num parto natural, em nosso cantinho, no nosso lar. Caetano escolheu as pessoas amadas e queridas para estar nesse momento: toda equipe Hanami, a Drª Roxana, a Cris, o meu marido, a minha mãe, a minha irmã e a minha sogra. 
A casa estava cheia e o que se pôde ouvir foi o canto de mulheres que ampararam o meu parto. Não faria nada diferente, ao contrário, adoraria estar naquele momento, naquela intensidade novamente. Vivenciando esse parto, aprendemos a conceber a VIDA de outra maneira, aprendemos a valorizar cada ação e cada desejo nosso, aprendemos que devemos lutar pelos nossos ideais, porque só assim seremos protagonistas da nossa própria vida.

Após o parto, brinquei com meu marido que gostaria de ter muitos filhos, um time de futebol, mas que gostaria de vivenciar tudo isso de novo. Ele não entendeu como poderia uma mulher, após ter tido quase 22 horas de trabalho de parto intenso, desejar tudo isso de novo. Sei que nenhuma gravidez será a mesma, mas, continuo acreditando que fizemos o melhor para o Caetano e que faremos as melhores escolhas para nossos próximos filhos. 
Acredito que o parto representa o ENCONTRO, é preciso fazer dele um BELO ENCONTRO. Isso sim trará tranquilidade e paz para mãe e para bebê que está chegando. Esperar um bebê é dádiva que merece ser desfrutada intensamente, por isso, aos que esperam um bebê recomendo que entrem nesse tão sonhado mundo, pesquisem, busquem informações, opiniões, enfim, vivam esse singular momento com vigor.

Sentimos que nossa vida mudou completamente com a vinda do Caetano Terra – sempre ouvia isso, mas achava um exagero, agora compreendo completamente. Somos outras pessoas: novos ideais, novos motivos que nos impulsionam. Agora nossa pedrinha preciosa é nosso bem maior e faremos tudo para mantê-lo brilhando como sempre!

Por vezes, a rotina é cansativa, mas recompensador quando vemos aquele ser esculpido pelas nossas forças e com um sorriso nos lábios que engrandece a nossa alma.
Agradeço muito por ter tido esse momento tão especial, esse instante que marcou a mim e a minha família profundamente.

Cris, obrigada querida por estar neste instante e, por tantas vezes dizer que eu conseguiria (por vezes, achava você maluca em afirmar isso com tanta certeza, rsrsr). Que você permaneça com esse amor, fascinada e servindo aos partos de tantas mulheres... Obrigada!
Agradeço também a Equipe Hanami que entoou o mais belo canto da VIDA, ajudou-me na crença do PODER DA MULHER no parto. Foi um momento único que certamente só foi atingido pela presença e aconchego dessa equipe de ouro!

Agradeço também a querida Roxana, guerreira profissional que nos mostrou a BELEZA DO GESTAR, sua forma de conceber o mundo nos tranquilizou e nos deu a segurança necessária para tal momento, como foi bom estar com ela em todos esses instantes!

Sinceramente, só anseio que muitas mulheres façam dos seus partos esse ÚNICO MOMENTO, vivenciando a INTENSIDADE que ele exige e toda a BELEZA TRANSFORMADORA que só esse momento pode revelar.

Beijos nos corações

Julia, mãe do Caetano Terra- chegando ao seu quarto mês!
http://julia-caetaneando.blogspot.com/

Cris De Melo
Doula!


Um comentário:

  1. Ju,
    Eh lindo como voce relata esse momento. Sinto-me muito feliz por ter compartilhado com voces. E vendo como o pequeno-grande Caetano desenvolve a olhos vistos, eh obvio que voces fizeram a melhor escolha.
    Amo voces,
    Dani

    ResponderExcluir