quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Amamentação exclusiva = Anticoncepcional??


Nas consultas pré-parto muitas vezes eu falo sobre os cuidados para evitar uma nova gravidez durante o resguardo e amamentação, especialmente com as mães mais jovens. E ultimamente eu tenho ouvido muito a mesma dúvida, '' Mas Cris, a amamentação exclusiva serve como método né? È o que diz na cardeneta do bebê!" Sim, sabe aquela cardeneta de saúde que as mães recebem do governo em todas as maternidades, públicas ou particulares? Nas últimas páginas que falam sobre os cuidados com o recém-nascido, também fala isso:


''A amamentação pode ser um método natural para evitar uma nova gravidez nos primeiros 6 meses de vida desde que a mãe esteja amamentando exclusivamente ( a criança não recebe nenhum outro alimento) e em livre demanda ( dia e noite, sempre que o bebê quiser) e ainda não tenha menstruado."

ERRADO! A amamentação é maravilhosa para mãe e bebê, e diminuiu os riscos de uma nova gestação, mas NÃO evita! Portanto se você for ativa sexualmente após o parto, use preservativos, ou procure um método anticoncepcional com o ginecologista, pode ser pílula, anel, DIU etc.

A minha mãe que o diga, engravidou de mim enquanto amamentava o terceiro filho!
Então, alguém quer arriscar essa dica do ministério da saúde?

Cris De Melo


Doula!

Nenhum comentário:

Postar um comentário