terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

A visão de um Pai sobre a importância das Doulas!


O blogueiro Marcelo Cunha Bueno, que escreve a coluna Sopa de Pai para a Revista Crescer, postou hoje suas primeiras impressões a respeito do trabalho das doulas, já que pretende contratar uma para o parto de sua esposa.

Vocês já ouviram falar das doulas?

Eu só conheci o trabalho das doulas quando fui apresentado à Ana Cris. Ela chegou a ir à Estilo para fazer uma conversa sobre esse trabalho. Isso faz tempo. As famílias da escola, em sua maioria, não conheciam o trabalho das doulas, que vem sendo divulgado aos poucos no Brasil. Mas já é super organizado e altamente profissional. São articulados e muito presentes nas maternidades.

Gabi começou a procurar a doula que irá acompanhá-la durante e depois do parto. Além da obstetra, que nos atende desde o começo, achamos que seria interessante contarmos com a presença de mais essa pessoa. Ela irá acompanhar a Gabi durante o trabalho de parto, tranquilizando-a e preparando-a para o grande momento.

Como escolhemos o parto normal, há chances de que demore um pouco até o Enrique nascer (imaginem como eu estarei?). Não temos uma data correta, vai depender do corpo deles. As contrações vão acontecendo e a doula nos dirá quando é o momento de ir para a maternidade, quando o Enrique vai chegar.

Escutei de diversas pessoas que o casal chegou a ir à maternidade, mas teve de voltar para casa, pois não havia dilatação suficiente. Esperou por mais tempo em casa (imaginem se fosse comigo?). A doula acompanha a gestante em casa também. É uma pessoa fundametal para a equipe de médicos e para o pai e a mãe. Dá todo o suporte emocional para que esse momento seja tranquilo! Fico pensando nas histórias que esse povo tem para contar!!! O marido histérico que toma bronca da esposa… o marido que desmaia de nervoso… o marido que começa a ter contrações e tem mais dilatação que a esposa… o marido que… bom, vou parar, senão vocês vão começar a achar que isso pode acontecer comigo! Tenho a impressão de, que nesse momento, repleto de inseguranças, de ansiedades, a doula é como um ombro que vai te acolher, dar-te conforto e serenidade. Vai te ajudar a atravessar o momento, sabe?

É sempre bom poder contar com pessoas que tenham segurança no que fazem. É sempre bom saber que há bastante gente envolvida na hora de cuidar de você.

Deixo a indicação do site de doulas para que conheçam melhor o trabalho delas ou se aprofundem no tema.

http://www.doulas.com.br/index.html

PS: Quinta-feira, nos encontraremos com aquela que será a nossa doula… depois eu conto como foi.

Fonte: http://colunas.crescer.globo.com/sopadepai/2011/01/26/as-doulas/

Postado por Priscilla Rezende http://prisrezendedoula.blogspot.com/2011/01/as-doulas-revista-crescer.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário